Novo vídeo do Estado Islâmico mostra garoto matando prisioneiro acusado de espionagem

terça-feira, 10 de março de 2015

Nele, o homem se apresenta como Muhammad Said Ismail Musallam e mostra o passaporte israelense

O grupo Estado Islâmico postou nesta terça-feira (10) um vídeo que afirma mostrar a execução de um jovem árabe-israelense, acusado de colaborar com o serviço secreto de Israel, por um jovem garoto.
O vídeo tem mais de 10 minutos. Nele, o homem se apresenta como Muhammad Said Ismail Musallam e mostra o passaporte israelense. Em seguida, o garoto o mata com um tiro na cabeça. Um dos jihadistas que aparece fala em francês fazendo ameaças ao israelenses e se refere ao recente ataque contra judeus na França.
Depois o vídeo apresenta uma lista de nomes, com fotos, de homens que seriam espiões de Israel.
Em fevereiro, o pai de Muhammad Musallam negou que o filho trabalhasse para a Mossad, serviço de inteligência de Israel, depois de um artigo publicado pela Dabiq, revista em inglês do Estado Islâmica. "Meu filho é inocente. O ISIS (Estado Islâmico) o acusa porque ele tentou fugir", disse, à época. O filho deixou o serviço civil israelense para se juntar aos jihadistas na Síria.
Um porta-voz do Shin Beth, o serviço de segurança israelense, afirmou na ocasião que o jovem havia partido em 24 de outubro para a Turquia, e depois para a Síria, e que, segundo as informações israelenses, ele teria se juntado ao EI.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial
 

Copyright © Site Binho Locutor 2016.