Prefeito de Jaguaquara e mais 6 ex-gestores têm contas rejeitadas

quinta-feira, 16 de novembro de 2017

Foto: Bahia na Política /
O prefeito de Jaguaquara, no Vale do Jiquiriçá, Giuliano Martinelli, e outros seis ex-gestores tiveram as contas rejeitadas pelo Tribunal de Contas dos Municípios (TCM) nesta terça-feira (13). As gestões se referem a 2016. Conforme a Corte de Contas, as contas de Jaguaquara foram rejeitadas devido à reincidência na extrapolação do limite para gastos com pessoal, atingindo 66,09% da receita corrente líquida do município. O máximo permitido pela Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF) é 54%. Martinelli também transferiu valores acima do permitido para Câmara de Vereadores. Os ex-gestores punidos foram de Aporá, João da Silva Neto; de Macururé, Silma Eliane Carvalho; Novo Horizonte, Itamar Lopes da Costa; Piraí do Norte, Heráclito Menezes Leite; Manoel Vitorino, Lenilton Pereira Lopes; e Pojuca, Antônio Jorge Nunes. A maioria das rejeições se refere ao descumprimento da LRF. Cabe recurso para todas as decisões. (Nota do BN)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial
 

Copyright © Site Binho Locutor 2016.