Homens são flagrados pela PRF no norte da Bahia com caça ilegal de animais silvestres

Proibida no país desde os anos 1960, a caça ilegal  reduz a população de várias espécies de animais e eleva o risco de desequilíbrio ambiental.

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) apreendeu, na tarde de ontem (29), quatro animais silvestres abatidos. O fato aconteceu por volta de 17h, no KM 117 da BR 407, trecho do município baiano de Senhor do Bonfim.
A ação foi registrada quando os policiais abordaram um Ford/Cargo, ocupado por três homens, e iniciaram a fiscalização. Diante do nervosismo dos ocupantes, os PRFs suspeitaram de alguma irregularidade, encontrando no interior do veículo quatro tatus mortos, típicos de caça irregular, além de diversas unidades de agrotóxicos. Os homens não possuíam licença ambiental para a atividade.
Foi lavrado um Termo Circunstanciado de Ocorrência em desfavor dos ocupantes pelos delitos previstos no art. 29 e 56 da Lei 9.605/1998, a qual tipifica os crimes ambientais.

Comentários

Mais lidas

Itaquara: Jardim do Cinquentenário é requalificado pela Prefeitura

Grávidas ficam mais sensíveis a ameaças que se aproximam da barriga no fim da gestação

Wagner questiona se Moro vê sensacionalismo em divulgação de grampo de Dilma e Lula