Saúde: Cerca de 500 mil mortes são causadas por gorduras trans anualmente, diz OMS

A Organização Mundial da Saúde (OMS) informou, nesta quarta-feira (22), que as gorduras trans industriais causam cerca de 500 mil mortes por ano. De acordo com a entidade, ao menos 5 bilhões de pessoas em todo o mundo correm o risco de desenvolver doenças associadas ao uso do ingrediente industrial.

As gorduras trans estão presentes, principalmente, em produtos industrializados como sorvetes, margarina, cremes vegetais, batatas fritas, salgadinhos, etc. Elas são usadas para melhorar a consistência dos alimentos e para aumentar o prazo de validade de alguns produtos, mas podem causar aumento do colesterol total e do colesterol ruim (LDL).

De acordo com a Agência Brasil, o Brasil é um dos países que tomam medidas para incentivar os consumidores a fazer escolhas mais saudáveis em relação aos alimentos e bebidas industrializadas.

Segundo o diretor-geral da OMS, Tedros Adhanom Ghebreyesus, disse que, apesar dos esforços, ainda é preciso fazer mais. "O impulso para a eliminação global da gordura trans produzida industrialmente está crescendo, com quase um terço da população mundial já protegida, em 28 países. Porém, mais de dois terços da população mundial ainda carece de proteção", afirmou. Nota extraída do BN)

Comentários

Mais lidas

Itaquara: Jardim do Cinquentenário é requalificado pela Prefeitura

Grávidas ficam mais sensíveis a ameaças que se aproximam da barriga no fim da gestação

Wagner questiona se Moro vê sensacionalismo em divulgação de grampo de Dilma e Lula